Municipios
PUBLICADO EM 06/12/2017 ÀS 23:42
Júlio Cezar assina termo de compromisso para desativar do lixão de Palmeira
Processo acontecerá em um prazo de até 120 dias
Foto: Assessoria
Da Assessoria

O prefeito de Palmeira dos Índios Júlio Cezar assinou nesta terça-feira (5) com o Ministério Público e a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) um termo de compromisso para a desativação, em até 120 dias, do lixão do município. Palmeira, que integra o Consórcio Regional de Resíduos Sólidos do Agreste (Conagreste) e que também conta com o prefeito Júlio na diretoria, será o primeiro município do estado a ter uma área própria de Estação de Transbordo.

A ação atende, também, a determinação do Ministério Público Estadual para o encerramento das atividades dos lixões em Alagoas. “Mantivemos o compromisso de que o lixão de Palmeira é um dos que finalizará suas atividades. Em processo de desativação de lixão, o município já tem o local para a implantação da Estação de Transbordo, que funcionará no Povoado da Salgada e poderá atender outros municípios da região na Estação de Transbordo de Palmeira”, explicou a secretária Anna Luísa França.

Com isso, o prefeito também cumpre um compromisso de campanha com a população do Algodãozinho, Lagoa do Rancho, Alto Vermelho Novo e Canafístula, que pedia a desativação do lixão.  “Esta boa notícia foi um dos meus compromissos de campanha. Ter um lixão a céu aberto, nos tempos de hoje, é inconcebível e inaceitável. Seja pela degradação do meio ambiente, pela poluição do ar, do lençol freático e os danos todos à natureza e à saúde das pessoas. O meu governo tem compromisso com o meio ambiente e nós estamos trabalhando, há vários meses, com a secretária Anna Luísa, que é uma técnica muito competente, para termos um direcionamento”, explicou o prefeito Júlio Cezar.

E continuou. “E graças a Deus, vamos começar com o Conagreste a implantação dessa área de transbordo. Assim, Palmeira será referência para todos os municípios da região, que poderão utilizar a Estação. Com isso, Palmeira também voltará a ter mais outro papel importante em Alagoas. Quero parabenizar o procurador- geral de Justiça dr. Alfredo Gaspar de Mendonça, que tem sido um articulador e um conciliador nas questões do Ministério Público com os municípios, que sempre procura um diálogo e consenso, e não foi diferente com essa questão. Não vi problema nenhum em Palmeira assinar este documento. Agora, estamos comprometidos com todos os envolvidos no processo, como o Ima e a Semarh. Hoje foi um dia histórico. Iremos fazer um grande ato para marcar  de uma vez por todas o encerramento das atividades do lixão de Palmeira dos Índios”, finalizou Júlio Cezar.



Comentários
Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Todo Segundo ou de seus colaboradores.
Topo
© Copyright 2017 - Todo Segundo, O maior portal de notícias do Agreste e Sertão de Alagoas