Municipios
PUBLICADO EM 07/08/2017 ÀS 10:28
Casa Museu Graciliano Ramos será revitalizada e ganhará estrutura moderna
Casa onde viveu o Velho Graça tem um prazo de seis meses para ser concluída, em Palmeira
Da Assessoria

O prefeito Júlio Cezar, a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) Kátia Bogéa e a secretária de Cultura de Palmeira dos Índios Isvânia Marques assinaram nesta sexta-feira (4), no Iphan de Alagoas, em Maceió, uma importante Ordem de Serviço que vai, finalmente, revitalizar a Casa Museu Graciliano Ramos. Com isso, as peças e artigos que pertenceram ao “Velho Graça” irão ficar abrigados em uma estrutura moderna, onde serão exibidos trechos de filmes, livros e documentários referentes à obra e vida do escritor e ex-prefeito palmeirense. Tudo com bastante conteúdo, multimídia, vídeos, em um espaço com acessibilidade, lúdico e interativo, inclusive para crianças.

A obra das estruturas arquitetônica e física, que deve ficar pronta em até seis meses, está orçada em R$ 500 mil, sendo R$ 250 mil provenientes do Iphan e os outros 50% de contrapartida da Prefeitura de Palmeira. A secretária de Cultura Isvânia Marques fez uma apresentação de como está a Casa Museu nos dias de hoje e lembrou a importância do jornalista e escritor Valdemar de Souza Lima, contemporâneo de Graciliano, que em 1959 lutou contra a demolição da casa onde Graciliano Ramos viveu com a família. “Ele lutou para que a casa não fosse derrubada. Se isso tivesse acontecido, não teríamos hoje a Casa Museu Graciliano, que já foi tombada pelo patrimônio histórico do Brasil, pelo seu valor histórico e cultural. Tudo que está acontecendo, agora, é mais do que justo e digno à memória do nosso ilustre escritor alagoano, e ex-prefeito de Palmeira. E também vai ser um presente para os palmeirenses e para os visitantes do mundo todo que frequentam a Casa Museu, inclusive a família do escritor”, destacou a secretária.

O superintendente do Iphan em Alagoas Mário Aloísio reforçou a importância de Graciliano Ramos para Alagoas e o mundo. “Estamos reiniciando o processo de restauração da Casa, com um museu mais moderno e atrativo para a população. Graciliano tem uma importância incrível para nós e para o mundo. Poucas casas onde morou o seu artista ou escritor são tombadas, no Brasil. E a Casa Museu, em Palmeira, é uma delas. É um complexo cultural importante para a cidade e para o mundo”, declarou.

Para a presidente do Iphan em Brasília Kátia Bogéa, assinar a Ordem de Serviço para revitalizar a Casa Museu Graciliano Ramos foi motivo de grande felicidade. “Hoje é um dia feliz. Nós não poderíamos deixar de atender a esse pedido de revitalizar a casa de Graciliano, que é um escritor ilustre e universal. Essa foi nossa obrigação e só não fazemos mais porque não podemos, mas o recurso já está liberado. O desafio é grande e Graciliano convida a todos para esse grande momento, em Palmeira. Teremos o maior prazer em estar na Feria Literária de Palmeira, que vai acontecer em outubro, justamente na semana dedicada ao Graciliano. E quero dizer que o prefeito Júlio pode contar conosco para isso também”, afirmou a presidente do Instituto.

O prefeito Júlio Cezar, emocionado, disse que a população de Palmeira espera, há oito anos, que a Casa Museu seja revitalizada e que os pertences e a memória de Graciliano ganhem o lugar de destaque que tanto merecem.  “Não podemos esquecer que parte dos recursos para a reforma é de uma emenda parlamentar do senador Fernando Collor, que está aqui representado pela Ada Mello, que não mediu esforços em nos ajudar. Foi uma alegria rever a Kátia Bogéa, que podia escolher apenas um lugar em Alagoas para os projetos do Iphan e escolheu a Casa Museu Graciliano Ramos, em Palmeira. Tem quase uma década que o Iphan e o senador Collor tentavam tocar essa obra e não conseguiam, sempre tinha algo para emperrar. Mas em seis meses conseguimos destravar a obra e agora ela vai se tornar realidade. Em outubro teremos a feira literária de Palmeira e vamos fazê-la dentro da semana Graciliano Ramos. Um povo com cultura é um povo com identidade e queremos explorar isso também. Estamos muito felizes com tudo isso”, finalizou o prefeito.

Também estiveram presentes à solenidade de assinatura de Ordem de Serviço para a revitalização da Casa Museu Graciliano Ramos o presidente da Câmara de Vereadores de Palmeira Júnior Miranda, a vereadora Adelaide França, o secretário municipal de Infraestrutura João Lessa, a secretária de Educação do município Alcineide Nascimento, técnicos das secretarias de Educação e de Cultura do município, a presidente do Rotary Clube de Palmeira Rita Maria Barbosa, representante da Academia de Letras e Artes do Nordeste Jorge Tenório Albuquerque, presidente da Academia de Ciências Letras e Artes de Penedo Moézio de Vasconcellos, presidente da Federação das Bandas de Música de Alagoas Luiz Paranhos, representante cultural de Palmeira Elias Henrique, o escritor Carlito Lima, entre outros convidados.

 



Comentários
Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Todo Segundo ou de seus colaboradores.
Topo
© Copyright 2017 - Todo Segundo, O maior portal de notícias do Agreste e Sertão de Alagoas