Esporte AL
PUBLICADO EM 23/04/2015 ÀS 00:19
CRB vence o Coruripe e elimina o CSE das semifinais do Alagoano
Galo faz sua parte, avança e vai enfrentar o ASA no mata-mata
Foto: TNH1 / Arquivo
Por Paulo Victor Correia /TNH1

Foi no sufoco, mas o objetivo foi conquistado. Em duelo que valia classificação para os dois às semifinais do Campeonato Alagoano, o CRB venceu o Coruripe de virada por 2 x 1 no Estádio Gérson Amaral, na rodada final da competição que acontece na noite desta quarta-feira, e garantiu a classificação ás semifinais, assim como o alviverde.

O Hulk saiu na frente com o atacante Casagrande, mas Fernando e Clebinho viraram para o time praiano. Agora, o CRB vai enfrentar o ASA, enquanto o adversário do Coruripe será o CSA.

A partida começou com o Galo mantendo a bola sob seu domínio por mais tempo, mas no primeiro ataque do jogo o Coruripe fez um belo gol. Aos 2 minutos, a bola foi alçada para a grande área e quem estava lá foi Casagrande, que apareceu sem a marcação de Daniel Marques e tocou de cabeça por cima do goleiro para abrir o placar para o alviverde. Após o susto, o CRB foi para cima, pressionava um pouco e chegou a assustar em finalizações de Zé Carlos e Fernando, mas a defensiva do time da casa estava bem postada e segurava o adversário. O Hulk praticamente não atacava, mas quando o fazia era mais objetivo e conseguia oferecer perigo à defensiva regatiana. Aos 19’, o volante Luis Mário deu uma cotovelada em Zé Carlos e foi expulso, prejudicando o Coruripe.

Com um jogador a mais, o CRB via a chance de buscar o empate, só que pecava muito na criação de jogadas pelo meio campo, que errava muitos passes, e pouco usava as laterais. Mas aos 26’ a situação melhorou. Após jogada pela direita, João Henrique cruzou para a área e Fernando chegou desviando para o fundo da meta, empatando para o Galo. O time praiano seguiu melhor na partida, já que aproveitava o fato de o Hulk estar com um a menos, mantinha mais posse de bola e atacava com mais frequência. No contra-ataque, o Coruripe quase não atacava, mas nas quatro finalizações que teve, uma fez o gol e três o goleiro Bruno fez grandes defesas. Nos minutos finais, nada mais aconteceu e o empate prevaleceu.

Segundo tempo
Na volta do intervalo o CRB colocou o meia Morais e tirou o volante Glaydson para dar mais criatividade ao time. Desta vez explorando mais as laterais, o time praiano continuou com mais posse de bola, apesar de chegar pouco no gol adversário, já que o jogo um pouco travado. Enquanto isso, o Coruripe buscava apertar a marcação para esperar brechas para o contra-ataque em velocidade, e quando finalizava pecava na pontaria. Aos 9’ veio a virada do Galo. Pegando um rebote de chute de Zé Carlos, o meia Clebinho apareceu sozinho e tocou por de baixo do goleiro, colocando o CRB na vantagem. O alvirrubro queria mais e começou a pressionar e a assustar o goleiro Carlos.

Da metade final da segunda etapa em diante, o Galo começou a controlar mais a partida e se expondo menos, já que estava na vantagem. Por outro lado, o Hulk tentava a reação, fazia muitas ligações diretas, mas não tinha tanto poder ofensivo. Em seguida, o CRB ficou muito recuado e com isso o Coruripe começou a gostar mais do jogo, se soltou e passou a pressionar em alguns momentos. Agora no focado no contra-golpe, o time praiano não oferecia perigo e quando atacava costumava erras os passes na frente. Nos minutos finais o jogo ficou ‘lá e cá’ e a partida estava em aberto. Aos 42’, o lateral-esquerdo regatiano João Victor fez falta por trás e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo então expulso. Nos últimos lances, o Verdão foi com tudo para o ataque, mas o gol não saiu até o apito final do árbitro e o Galo conquistou a sonhada vitória.

Como fica
Com o placar de 2 x 1, o CRB subiu para o 2º lugar no grupo B com 18 pontos e conseguiu a classificação. Para se classificar às semifinais, o Galo precisava vencer, e para terminar como líder da sua chave precisava da vitória, mas desde que o ASA não vencesse o CSA, o que aconteceu. Como vice-líder, o CRB vai enfrentar o ASA, com primeiro jogo no Estádio Rei Pelé no domingo (26), às 16h, e a volta na quarta-feira (29), às 22h, em Arapiraca. Como foi o líder da chave, ASA terá a vantagem de poder empatar os dois jogos ou vencer um e perder o outro pelo mesma diferença de gols para ir à final

Já o Coruripe, que ficou com 10 pontos no grupo A, mesmo com a derrota se manteve na 2ª posição e garantiu a ida à fase de mata-mata. Para avançar, o Hulk precisa vencer, ou se empatasse desde que o CEO não ganhe e tire cinco gols de diferença no saldo. Para terminar como líder o alviverde precisa vencer o CRB e torcer para o CSA não vencer o ASA. Mas como terminou em segundo, no domingo (26), às 16h, o Hulk vai enfrentar o CSA no Gérson Amaral, com volta na quarta-feira (29), às 22h.

Outros jogos da 10ª rodada (CSE folgou): CSA 0 x 1 ASA, Ipanema 1 x 0 Santa Rita, CEO 0 x 1 Murici.

Ficha técnica


Campeonato Alagoano 2015 – Segundo Turno – 10ª rodada


Jogo: Coruripe 1 x 2 CRB


Gols: Coruripe- Casagrande aos 2’ do 1T/ CRB- Fernando aos 26’ do 1T e Clebinho aos 9’ do 2T)


Local: Estádio Gérson Amaral, Coruripe-AL


Data: 22/04 (quarta-feira)


Hora: 22h


Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (CBF-AL)


Auxiliar 1: Pedro Jorge Santos (CBF-AL)


Auxiliar 2: Esdras Mariano de Lima (CBF-AL)


Coruripe:


1- Carlos


2- Toty


3- Beto


6- Thiago Papel


4- Igor


5- Luis Mário (expulso aos 19’ do 1T)


8- Mazinho


7- João Paulo (15-Tiago Alagoano, aos 18’ do 2T)


10- Tiago Lima (18-Aurélio, aos 11’ do 2T)


11- Ivan


9- Casagrande (14-Léo Maceió, aos 23’ do 1T)


Técnico: Lorival Santos


Banco Coruripe: 12-Sérvulo, 13-Renato, 14-Léo Maceió, 15-Tiago Alagoano, 16-Antônio Carlos, 17-Thúlio, 18-Aurélio, 19-Djalma, 20-Janeudo, 21-Tito, 22-Edson.


CRB:


1- Bruno


2- Paulo Sérgio


3- Daniel Marques


4- Gabriel


6- João Victor (expulso aos 42’ do 2T)


5- Olívio


8- Glaydson (19-Morais, no intervalo)


10- Fernando (15-Audálio, aos 13’ do 2T)


7- Clebinho


11- João Henrique (20-Maxwell, aos 10’ do 2T)


9- Zé Carlos


Técnico: Alexandre Barroso


Banco CRB: 12-Juliano, 13-João Paulo, 14-Maranhão, 15-Audálio, 16-Kenedy, 17-Gleidson Souza, 18-Johnnattan, 19-Morais, 20-Maxwell.




Comentários
Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Todo Segundo ou de seus colaboradores.
Topo
© Copyright 2017 - Todo Segundo, O maior portal de notícias do Agreste e Sertão de Alagoas