Berg Moraes
PUBLICADO EM 09/01/2016 ÀS 02:33
Candidatura laranja pode surgir para prejudicar oposição
Chapa alternativa já está sendo arquitetada para dividir ainda mais oposição
Por Berg Morais

Com a aproximação do período eleitoral surge também um participante que é praticamente comum em todas as eleições: o candidato laranja. Ele é o responsável em prejudicar o processo eleitoral e fazer o serviço sujo para o “contratante”, com críticas pesadas e denúncias levianas contra os adversários. O objetivo de um candidato laranja é faturar, até mesmo com cabeças de gado como forma de pagamento.


Em Palmeira dos Índios não será diferente e uma candidatura laranja pode sim surgir na disputa majoritária. Há quem diga que já há um pequeno grupo político que prontamente está aberto para negociações no mercado político partidário.


Embora seja possível identificar com facilidade algumas características de uma candidatura laranja, o cinismo e a cara de pau do político já mostram as duas faces da moeda. Nesse caso, o tal laranja tem o único intuito de se candidatar exclusivamente para atacar os adversários, queimando e expondo todos os podres possíveis. A intenção não é ganhar a eleição, mas ser a pedra no sapato de quem se colocar no caminho do grupo situacionista.


Há certa dificuldade, sobretudo, de comprovar os acordos, mas os comentários sobre as trocas de favores surgem nos bastidores e logo são vazados e descobertos pela população.


Além das naturais candidaturas de situação e oposição, uma chapa “alternativa” já está sendo arquitetada para ser lançada – a depender dos acordos – e fragmentar ainda mais a embaraçada oposição na terra Xucuru-kariri.


Com a tremenda insatisfação popular do atual gestor e a falta de entendimento na oposição, a eleição para o cargo majoritário em Palmeira dos Índios está indefinida.


A bolsa de apostas está em alta. E você leitor, acredita que haverá mesmo candidatura laranja  nas eleições em Palmeira?


berg_morais@hotmail.com



Comentários
Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Todo Segundo ou de seus colaboradores.
Topo
© Copyright 2017 - Todo Segundo, O maior portal de notícias do Agreste e Sertão de Alagoas