Perfil
É Formado em Jornalismo pela Escola de Comunicação Assis Chateaubriand, Rio de Janeiro. DRT-Al – 746 e Radialista Profissional DRT -Al – 333. É membro efetivo da Associação Alagoana de Imprensa – (AAI) Membro da Academia Arapiraquense de Letras e Artes. Ocupou o cargo de Diretor Regional do Sindicato dos Radialistas Profissionais do Estado de Alagoas no período de 1996 á 1998 atuou na Radio TV Popular na função de Redator, e é autor do livro, Marques da Silva - A Morte Anunciada.
Roberto Gonsalves
PUBLICADO EM 11/02/2018 ÀS 09:17
Escolas particulares de Maceió e Arapiraca estão na mira do MPE
Estabelecimentos de ensino são acusados por reiteradas vezes de praticas ilegais prejudicando principalmente professores e empregados
Foto: Divulgação
Por Roberto Gonçalves

O Sindicato dos Professores de Alagoas (Simpro-AL) encaminhou para o Ministério do Trabalho e Emprego  (MTE) uma relação inicial de 90 estabelecimentos de ensino particular de Maceió e Arapiraca que depois da capital é a maior cidade com maior número de escolar da rede privada em um total de mais de 43 estabelecimentos espalhados em toda a cidade desde o centro até aos bairros mais populosos para serem fiscalizados.

Os estabelecimentos relacionados na listagem são acusados por reiteradas vezes de praticas ilegais prejudicando principalmente professores e empregados nos estabelecimentos de ensino particular. O presidente da Simpro, Eduardo Vasconcelos, assegurou ao semanário Folha de Alagoas, que o trabalho de inspeção de auditores do Trabalho já foi iniciado em Maceió. “As demandas de fiscalização estão sendo realizadas em Maceió e Arapiraca, no entanto, outros municípios do Estado estão na mira do MTE, acrescentou.



Comentários
Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Todo Segundo ou de seus colaboradores.
Topo
© Copyright 2018 - Todo Segundo, O maior portal de notícias do Agreste e Sertão de Alagoas